Piscinas fornecem diversão infinita, principalmente no calor. Mas há cuidados que devem ser tomados em sua instalação e manutenção, principalmente com a parte hidráulica.

Um esquema de instalação hidráulica da piscina é essencial para aproveitar ao máximo este instrumento de lazer. Conheça a forma certa de realizar essa montagem.

Natação, hidroginástica, ou um mergulho relaxante no fim do dia… são algumas atividades realizadas em piscinas. Porém, para curtir bem esses exercícios ou recreações, é preciso que o reservatório esteja funcionando plenamente.

Assim, do esquema elétrico da piscina até sua manutenção periódica, tudo tem que ser feito com atenção e utilizando equipamentos adequados.

Aprender como fazer a instalação hidráulica da piscina ganha destaque, porque qualquer erro compromete desde a qualidade da água até a operação da motobomba e filtro.

Você também pode se interessar: Quanto custa para fazer uma piscina!

Como é feita a instalação hidráulica da piscina?

Primeiramente, elaborar um projeto hidráulico é necessário. Ter em mãos um esquema que aponte distâncias, posição dos tubos, conexões, etc., torna mais seguro a montagem do sistema de água.

O objetivo principal desse tipo de documento é evitar desperdícios, seja durante o serviço de implantação ou posteriormente com o surgimento de vazamentos, por exemplo.

Além disso, o projeto é fundamental para posicionar todos os acessórios responsáveis pela circulação da água (drenos, skimmer, ralos, etc.).

É comum que esse trabalho seja realizado por um Engenheiro Civil, especializado em instalações hidrossanitárias, por exemplo. Esse profissional tem expertise para garantir desde a segurança até a implantação do projeto.

Com o plano em mãos, as fases seguintes são:

  • Colocar tubos e conexões (encanamento);
  • Instalar equipamentos da parte hidráulica;

Confira como se estrutura essas etapas.

Montagem do encanamento da piscina

Seguir um esquema hidráulico completo para instalar a tubulação é importante para processos rotineiros, que acontecem quando a piscina está em funcionamento.

Para fazer a drenagem do reservatório, por exemplo, é essencial que bocais de aspiração e retorno, coadeiras (skimmer), ralos e drenos estejam devidamente instalados.

A água que é drenada pela motobomba passará pelo filtro e, em seguida, pode ser descartada no esgoto, ou num outro reservatório (para reaproveitamento em outras atividades da casa, condomínio ou estabelecimento).

Para esse tipo de material você deve considerar o seguinte:

  • Diâmetro do material que se conecte aos acessórios e equipamentos;
  • Temperatura do fluxo da água. Se sua piscina funcionar com água quente e fria, os tubos devem ter capacidade para suportar a alteração;
  • Tipo de material (PVC, Cobre, PEX, etc.), sobretudo das conexões roscáveis, que se conectaram a bomba e filtro.

O projeto hidráulico calcula a altura de instalação das tubulações, bem como as distâncias até a casa de máquinas, por exemplo.

Leia também: Confira como funciona a automação de piscinas!

Instalação dos equipamentos da parte hidráulica

Considerar uma motobomba com boa potência e a instalação hidráulica do filtro da piscina são pontos relevantes nesse sistema.

A bomba d’água é equipamento condicional, pois serve para encher o reservatório e outros processos que mantêm a piscina limpa, além de participar da filtragem e drenagem.

Entretanto, existem critérios para você escolher a bomba para piscina que vai compor seu sistema hidráulico, os principais são:

  • Volume: a litragem do reservatório é fator que influencia na escolha da motobomba. Escolha o equipamento com potência necessária para a piscina de sua residência.
  • Capacidade de recirculação: esse processo dura de 6 a 12 horas, e é etapa que também incide na filtragem da água. Está associada ao volume.
  • Durabilidade: a matéria-prima dos componentes deve ser resistente, pois dependendo do lugar em que for instalada, estará exposta a umidade e calor.
  • Emissão de decibéis: é um quesito importante, principalmente se deseja montar um ambiente tranquilo e que não incomode os usuários da piscina.

A instalação da bomba d’água deve respeitar o nível do terreno, não podendo ficar em área desnivelada. Por exemplo, no caso das válvulas de retenção, você deve considerar a orientação do fabricante.

Já no caso do filtro para piscina (no quesito hidráulico) as recomendações são:

  • a tubulação de retorno para piscina não deve ser muito comprida, ou seja, o equipamento deve ficar numa posição mais próxima do reservatório. Quando é muito distante, o risco de entrada de ar é grande.
  • instale tubos distintos para o descarte da água, ou aproveitamento.
  • use conexões de materiais anticorrosivos.

Leia também: Qual o Melhor Motor para Piscina: Escolha o Mais Adequado

Aqui vale abrir um parênteses para os aquecedores. Dependendo da região que more, esse também será um equipamento necessário.

A recomendação nesse caso é usar tubos e conexões que suportem as temperaturas que pretende adotar para aquecer a piscina. Não use materiais somente para água fria, pois prejudicará todo o sistema.

Outros elementos do sistema hidráulico de piscinas

Na instalação hidráulica da piscina você precisará de acessórios/peças, dentre elas:

1. Skimmer

Também conhecido como coadeira, esse item é indispensável, sobretudo no processo de filtragem. Não permite que resíduos, como folhas, entrem no sistema de tubos, e sejam sugados pela bomba de piscina.

2. Ralo

O ralo serve para escoar a água que fica no fundo. Ele se conecta, via tubulação, com a motobomba.

3. Bocal de aspiração

O bocal de aspiração fica na parede do reservatório e é fundamental na recirculação da água. É ligado à bomba d’água, porém seu acionamento só acontece com a abertura de uma válvula de retenção.

4. Bocal de retorno

O bocal de retorno tem a função de devolver água à piscina depois que é realizada a filtragem. Nesse caso, uma tubulação é ligada ao filtro, permitindo a execução do retorno da água.

Agora você já sabe o básico necessário em um esquema de instalação hidráulica da piscina. A recomendação final é que você conte com profissionais experientes para realizar esse processo. Desse modo, você evita prejuízos, e tudo funciona da forma correta.Além disso, conte com equipamentos da melhor qualidade. Confira os produtos da Mérito Comercial e dê o primeiro passo para usufruir de dias incríveis na sua piscina!

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *