Toda piscina requer um trabalho recorrente de manutenção para que possa ser bem aproveitada nos dias de sol e calor.

Hidroginástica e natação são exercícios aquáticos excelentes para manter a saúde. Mas, se a alcalinidade da piscina estiver irregular, por exemplo, será que os praticantes vão aproveitar os benefícios dessas práticas? Certamente, não.

Por isso, a manutenção de piscina deve ser feita regularmente. O ideal é que a água da piscina esteja limpa, sem impurezas e com níveis de alcalinidade de acordo com as normas técnicas.

Ao longo deste texto você vai conferir como fazer uma manutenção e o que não é correto no momento de limpar piscinas. Continue lendo!

Leia também: Quanto custa para fazer uma piscina!

Como fazer uma manutenção de piscina?

De maneira geral, algumas etapas devem ser cumpridas nesse tipo de serviço. Além disso, é importante usar os produtos adequados para uma boa manutenção de piscina.

Assim, podemos dividir da seguinte forma essa limpeza:

1 – Limpar o entorno do reservatório

A primeira parte dessa atividade começa nas bordas da piscina. É preciso retirar todos os resíduos que circundam o reservatório. A ideia é que as sujeiras que estão no piso não caiam na água enquanto você realiza as fases seguintes.

2 – Verificar o skimmer e pré-filtro

Essas duas peças barram pequenas partículas sólidas que são absorvidas durante a drenagem da piscina, por exemplo. A tarefa é bem simples, basta retirar os itens e limpá-los.

3 – Peneiração

Com a ajuda de uma rede acoplada no cabo telescópico, nessa etapa é importante que se retire as folhas, cabelos e outros resíduos presentes no espelho d’água.

4 – Escovação

Essa atividade consiste em usar uma escova (própria para piscinas), que também se une a um cabo telescópico, para esfregar as paredes e fundo do reservatório. O objetivo é retirar toda sujeira incrustada e impedir que algas se acumulem.

5 – Decantação

Processo que utiliza um produto capaz de acabar com a turbidez da água, porém, só é indicado quando ela estiver muito escura.

6 – Aspiração

Com a ajuda de um aspirador de piscina, nessa etapa são sugados os resíduos depositados no fundo da piscina. Aqui, você pode eliminar a água direto num esgoto, ou em outro reservatório para o reaproveitamento.

7 – Tratamento químico

Momento para medir o pH, a alcalinidade e o cloro livre da água. É necessário a utilização de um kit para manutenção de piscina adequado.

Leia mais: Conheça os equipamentos e acessórios indispensáveis para piscinas!

Erros comuns na limpeza de piscinas

homem realizando manutenção de piscina de uma casa, especificamente limpando-a

Vimos o passo a passo correto de como limpar piscinas, mas o que não se deve fazer? Veja os erros comuns que devem ser evitados durante esse tipo de manutenção:

  • Não desligar os equipamentos das casas de máquinas durante a operação: nunca deixe a motobomba e filtro para piscina conectados na energia, bem como o sistema de iluminação do reservatório, sobretudo em contato com a água.
  • Utilizar produtos químicos incorretos: evite utilizar produtos químicos abrasivos, tanto na área externa quanto na parte interna do reservatório.
  • Não ajustar a chave do filtro na hora de aspirar: nunca faça a aspiração da piscina com a chave do filtro em outra posição, por exemplo, drenagem. Vá no seletor e coloque em “aspirar”.
  • Não utilize produtos químicos sem procedência: prefira marcas reguladas pelos órgãos de controle sanitários.
  • Não deixe que o cloro livre fique acima dos 3 ppm ou abaixo de 1 ppm: realize o teste, e se perceber que esses níveis estão alterados, não libere o uso da piscina para banho. Um bom dispensador de cloro pode auxiliar na estabilização dos níveis.
  • Não regular o pH da água: uma piscina muito alcalina é aquela que tem pH abaixo de 7,0 (o mais comum). Caso esteja acima disso, é necessário fazer a correção. Utilize produtos como “elevador de alcalinidade”.

Esses são erros na manutenção de piscina de fibra, azulejo, etc. Então, evite e aproveite o melhor desse equipamento de lazer.

Para aprofundar a leitura: Saiba como escolher o melhor motor para piscinas!

 Perguntas frequentes sobre limpeza das piscinas

Abaixo, você vai conhecer as respostas para as principais dúvidas que os proprietários de piscinas têm.

a) Como economizar na manutenção da piscina?

R – Se você pretende fazer a limpeza da piscina de sua casa, o ideal é fazer com uma frequência regular, para que a sujeira não se acumule. Outro ponto é aproveitar as promoções que sempre acontecem nas vendas dos produtos químicos, por exemplo.

b) Quantos dias a água da piscina pode ficar sem tratamento?

R – Tudo depende de como proteger o reservatório, ou se houve alterações na alcalinidade, por exemplo. A orientação é sempre medir os níveis químicos e, quando perceber que algo está irregular, faça a limpeza. Mas, em clubes e academias, esse período pode ser quinzenal ou semanal.

c) Como limpar piscina verde?

R – Isso acontece quando a alcalinidade da água está baixa. Nesse caso, corrija o problema com o elevador para deixar o pH no nível adequado.

d) Existe uma calculadora de piscina que ajuda a saber seu volume?

R – Sim. Clicando aqui você tem acesso a uma prática calculadora de piscina. Basta selecionar o formato do reservatório, e informar as dimensões para descobrir o volume.

e) É necessário usar o sulfato de alumínio piscina?

R – Não. Esse produto é um pó que altera o pH da água. O recomendado é utilizar um decantador líquido.

f) Qual o custo mensal de manutenção de piscinas?

R – Se realizado por um profissional, esse serviço tem custo médio de R$300,00.

Essas são nossas dicas para realizar a manutenção da sua piscina da forma correta. Você já conhecia todas essas etapas, ou já cometeu alguns dos erros comuns? Conte para nós nos comentários!E se quiser começar a realizar a manutenção da sua piscina da forma correta, confira uma série de produtos e equipamentos que podem te ajudar.

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *