O compressor de pintura é o equipamento certo para recuperar paredes de sua casa ou de um imóvel comercial. 

Quem tem casa grande sabe o quanto é complicado pintar todos os cômodos. Usar pincéis é cansativo, além de aumentar os custos do serviços, pois existe o desperdício de tinta.

E o que dizer quando o assunto é pintar portões e grades? Nada mais trabalhoso e chato. Uma maneira de tornar prático e econômico esse tipo de serviço é utilizando um compressor para pintura residencial.

Mas como saber a potência ou marca que você tem de escolher? E será que esse aparelho só serve para pintar? É o que vamos descobrir nos tópicos a seguir.

Leia também: Dicas para usar melhor o compressor de ar!

Como funciona um compressor pintura?

Os compressores são equipamentos movidos por energia elétrica ou gás. De maneira geral, os modelos utilizados na pintura são elétricos.

Na prática, quando você liga um compressor uma série de movimentos mecânicos internos são transformados em ar.

Esse ar comprimido, quando liberado, é responsável por um jato intenso, que serve para calibrar um pneu, ou mover uma ferramenta elétrica, por exemplo.

Ao escolher um modelo para pintar paredes, você deve uni-lo a uma pistola compressora de pintura. Neste acessório é colocada a tinta, que será jateada na superfície a ser pintada.

Entretanto, há alguns detalhes que você deve considerar antes de acionar o compressor de pintura, são eles:

  • tensão elétrica do imóvel;
  • usar uma mangueira adequada (conecta o equipamento a pistola);
  • estar com os EPIs;
  • a superfície também deve estar preparada para receber a tinta;
  • lembre-se de cobrir tomadas, interruptores, eletrodomésticos, etc.

Depois é essencial que regule o bico da pistola. Você pode fazer testes prévios para verificar os jatos de tinta liberados.

Como escolher um compressor para pintura?

Primeiramente, você deve avaliar se o equipamento vai ser usado em escala comercial, ou apenas para uso pessoal, um hobby.

Essa dica é relevante, pois incide diretamente nas características técnicas e sobretudo no preço do compressor de pintura que você vai escolher.

Veja abaixo uma lista de aspectos que orientam sua decisão.

1 – Categoria

No mercado esse equipamento é categorizado de 3 formas:

  • Residencial – aqui estão os motocompressores que são portáteis, e em média tem motor como potência de 250 W e 1/3 hp.
  • Profissional – compõem esse grupo compressores mais robustos, capazes de realizar pinturas de amplas superfícies, além de outros serviços.
  • Industrial – o principal modelo nessa categoria é o compressor de parafuso, voltado para operações ininterruptas, por exemplo.

Portanto, se pretende pintar pequenos objetos ou paredes da sua casa, o motocompressor atende bem. Mas, se o objetivo é mais amplo, considere os compressores profissionais.

2 – Pressão máxima

Uma característica técnica que deve observar no seu compressor de pintura é a pressão máxima. A referência para modelos domésticos é 40 Ibf/pol² (Pressão de Operação Máxima).

Já os compressores de pistão (uso profissional) alcançam os 100 Ibf/pol². Esse parâmetro é quem indica o volume do jato que é liberado pelo equipamento.

3 – Acessórios e Ferramentas

Verifique quais são os acessórios e ferramentas compatíveis com o compressor de ar que você vai adquirir. As mangueiras se diferenciam pela polegada e comprimento. Outros itens que podem compor o seu kit são:

  • Carretel
  • Pistola de limpeza
  • Desincrustador de agulha
  • Lixadeira

A oferta de peças é grande, e boa parte só funciona com compressores profissionais e industriais. Fique atento!

Pintos usa pincel para pintar a casa sem compressor de pintura

Aplicações do compressor

A recomendação inicial é usar compressores para pintura de superfícies extensas. O objetivo é não aumentar o custo do serviço com a contratação de muitos pintores, por exemplo.

Outra orientação para optar pelo uso desses equipamentos é se precisa cumprir a atividade num menor tempo. Os jatos fortes liberados preenchem de forma mais rápida a parede.

Porém, se você tem uma marcenaria doméstica, e quer pintar com precisão suas produções, o compressor de ar é um aliado essencial. Nessa atividade o acabamento da pintura fica excelente!

Decerto, oficinas de lanternagem não podem funcionar sem compressor de pintura automotiva. Também visando a questão do resultado final, já que a pistola pode ser regulada para liberar o jato de tinta necessário para a superfície do veículo.

Aprenda mais: Como realizar manutenção de compressor de ar!

Os principais modelos de compressores e suas aplicações

Analisando os fabricantes de compressores de pintura em atividade no país, é possível listar os produtos mais atrativos. Desse modo, temos o seguinte:

Compressor de Ar Schulz Bravo

Nessa linha estão os equipamentos de uso profissional e industrial. É indicado se sua intenção não se limita apenas a pintar paredes. Esses compressores servem para pintura automotiva, acionamento de ferramentas pneumáticas, entre outros serviços mais robustos. 

Compressor de Pintura Schulz Bravo - Mérito Comercial

Compressor de Ar Chiaperini

Essa marca disponibiliza desde motocompressores até os formatos para indústrias. A versatilidade dos compressores Chiaperini também é um ponto forte. Você terá uma máquina para pintar superfícies de dimensões variadas até calibrar pneus de veículos.

Compressor de pintura Chiaperini - Mérito Comercial

Compressor de Ar Motomil Profissional

É outro equipamento robusto útil em muitas tarefas. Sua ficha técnica é o principal destaque, pois além de 140 Ibf/pol² de pressão máxima, tem tensão monofásica, servindo para 127/200 v.

Compressor de ar para pintura de casa Motomil

Compressor de Ar Schulz Pratic Air

Nessa linha você encontra um equipamento para atividades simples, tais como calibrar pneus, inflar botes e até mesmo serviços de marcenaria.

Compressor de ar para pintura de casa Schulz

Esses compressores são semi-estacionários, ou seja, tem rodinhas que ajudam a movimentar a máquina, o que facilita tarefas como a pintura de paredes.

Cada um desses modelos tem suas linhas de acessórios e ferramentas pneumáticas, que você pode associar para potencializar a pintura ou outros serviços.

Então, basta analisar e definir qual modelo de compressor de pintura vai ajudar você a recuperar a fachada e as paredes de sua residência. Conheça todos esses equipamentos no site da Mérito Comercial.

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.