Você quer evitar desperdício de água, ao encher seus reservatórios? Então, precisa de uma boia de nível. Descubra aqui mais vantagens desse equipamento.

Em muitas cidades brasileiras, armazenar água virou tarefa comum. Seja em áreas rurais ou urbanas, ter uma caixa d’água, por exemplo, é fundamental para encarar os rodízios que as companhias de abastecimento estabelecem.
Porém, não basta ter o reservatório. É necessário contar com equipamentos e acessórios para tornar mais prático e ágil esse armazenamento e bombeamento da água pelas tubulações da casa ou propriedade comercial.
A boia de nível é um desses; peça fácil de encontrar, mas que contém especificações importantes que orientam sua escolha.
Leia também: Boia de nível para bombas d’água.

O que é e para que serve a boia de nível?

É uma espécie de chave que regula a entrada de água num reservatório. Esse tipo de sensor de nível pode ser mecânico ou elétrico, dentro de um tanque para controlar o seu enchimento.
Ela serve para impedir que a cisterna continue recebendo água, fechando como um registro de passagem, por exemplo. A boia de nível elétrica tem a vantagem de acionar a motobomba quando o tanque está com baixa reserva.
É fabricada em vários modelos, mas é importante definir como pretende usá-la. Por isso, vale apresentar mais detalhes sobre as versões mecânica e elétrica.

 Boia de nível mecânica

Se assemelha a uma torneira, pois sua função é “fechar e abrir” a passagem de água. Seu formato é simples: engate, haste e bolinha.
À medida que o nível de água vai subindo (enquanto enche) a haste vai tomando uma curvatura, que ao chegar em seu limite, interrompe o enchimento do tanque, caixa d’água, etc.
É de fácil montagem, porém, a bitola escolhida deve casar com a tubulação usada para transportar a água até o reservatório.

 Boia de nível elétrica

Também chamada de sensor nível, pois além de controlar a entrada do líquido, dispara a motobomba quando a água está acabando. Desse modo, sempre mantém o tanque cheio.
Tem cabos elétricos que se conectam com a bomba d’água, além de especificações referentes à corrente, submersão e diâmetro para operação.
Ao decidir quais dos modelos atende suas demandas, basta procurar uma marca de procedência para instalar em seu reservatório para aproveitar as vantagens.

Características técnicas da boia de nível

No modelo mecânico, é imprescindível  observar os seguintes aspectos técnicos:

  • Tipo de matéria-prima – no mercado é comum modelos de polietileno;
  • Dimensão da bitola – você encontra 1”, ½” e ¼”;
  • Pressão máxima – boias mais robustas têm 10 kgf/cm², fundamental para o enchimento rápido do reservatório.

É importante conferir a bitola para não ter problemas na instalação. Escolha a marca que oferece adaptadores. Deste modo não terá dificuldades para engatar na caixa d’água.
Já o sensor de nível elétrica deve se verificar pontos como:

  • Corrente máxima (amperagem);
  • Tensão (110v ou 220v);
  • Temperatura máxima da água em que pode ser utilizado;
  • Potência máxima da motobomba em que vai ser atrelado;
  • Submersão máxima.

Como se trata de equipamento ligado à rede elétrica, é preciso ter atenção durante a instalação.

Benefícios da boia de nível

Sem dúvida, a vantagem mais conhecida do sensor de nível é não permitir o desperdício de água, mas existem outras bem interessantes, são elas:

  • Favorece o consumo assertivo de energia, pois a bomba d’água só é acionada quando o nível do reservatório está baixo;
  • Evita a pane seca, um dos problemas mais comuns para danos na motobomba;
  • A boia de nível mecânica pode ser regulada, basta mover a haste, de acordo com o informado no manual;
  • É um equipamento com preço acessível.
  • Fácil instalação;
  • Pode ser utilizada em reservatórios na parte superior ou inferior do imóvel.

No mercado existem diferentes marcas disponíveis.
Aprenda mais: Como instalar a bomba d’água corretamente!

Como instalar boias de nível

Listamos passos para instalação dos 2 tipos de boias apresentados ao longo do texto, confira abaixo.

Instalação boia de nível mecânica

Passo 1 – Para utilizar o equipamento numa caixa d´água é preciso perfurar este reservatório, e colocar um adaptador com anel (o ideal que tenha a mesma bitola da boia);
Passo 2 – Envolva a o engate (roscável) da boia de nível com fita de veda rosca;
Passo 3 – Enrosque o sensor mecânico na rosca do adaptador;
Passo 4 – Teste para observar vazamentos.

Instalação boia de nível elétrica

Passo 1 – A primeira coisa a saber é que há diferenças para usar o sensor de nível num reservatório superior ou inferior. Então, é essencial acompanhar o que diz o manual do equipamento no quesito conexão dos cabos a motobomba;
Passo 2 – Conferido o posicionamento dos fios, é preciso isolá-los com fita de autofusão, pois estarão protegidos da umidade e da exposição ao sol.
Passo 3 – Instale o contrapeso, que é responsável pela quantidade máxima de água que o reservatório comporta. Normalmente, essa peça acompanha o sensor de nível elétrico.
Passo 4 – Realize testes para verificar se o controle da boia está funcionando.
Caso não tenha experiência com conexões elétricas, contrate um profissional especializado para evitar incidentes na instalação deste equipamento.
E se busca conhecer os principais modelos de boia de nível presentes no mercado, visite o site da Mérito Comercial.

Autor

  • Pós-graduada em administração pela Universidade Unisa, atua no ramo de vendas de bombas hidráulicas há 27 anos, com experiência em diversos setores, de auxiliar administrativo a gerência. Com grande conhecimento em vendas técnicas e dimensionamento, participou de projetos em grandes obras do país. Há 11 anos está à frente da Mérito Comercial, a maior distribuidora de bombas hidráulicas do Brasil.

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.