Você sabe como pintar parede e deixá-la perfeita? Vamos mostrar algumas dicas bem fáceis de seguir para obter o acabamento ideal.

O interior de um apartamento fica mais bonito quando se combina móveis com a cor de parede certa. Essa combinação ajuda, por exemplo, a dar uma noção maior de espaço, se o apê for pequeno.

Entretanto, para conquistar essa vantagem é preciso saber como pintar a parede perfeita. Para isso, você precisa conhecer quais materiais usar e quais tintas são as melhores para cada superfície. 

Acompanhe todas essas orientações ao longo do texto!

Etapas de como pintar parede

Os passos básicos para realizar a pintura da parede, de diferente imóveis, são:

  1. Separação das ferramentas: momento que você reúne todos os equipamentos para pintar. Fazem parte desde os itens de proteção até ferramentas elétricas que aceleram o serviço.
  2. Definição do estilo: existem algumas técnicas e formatos atualmente que facilitam a aplicação da tinta e deixam tudo mais bonito.
  3. Escolha da tinta: parte muito importante, pois dependendo da qualidade da tinta o resultado pode não ficar da maneira que você espera. 
  4. Preparação da superfície: outro ponto essencial de como pintar parede. Lixar e selar a superfície são etapas que influenciam diretamente no acabamento final.
  5. Pintura: consiste no processo de aplicação da tinta. Seguindo tudo o que você planejou, utilizando todos os materiais.

É essencial ter esses passos em mente, mesmo que contrate um profissional para fazer o serviço. Com esse passo a passo você pode planejar melhor quanto vai gastar, e estipular um prazo com o pintor.

Conheça também quais são as etapas de uma obra!

Ferramentas para pintar parede de um imóvel

Nessa parte de como pintar parede tudo parte de como está a superfície. As recomendações para escolher os equipamentos vão partir das seguintes condições:

  • Parede descascada
  • Parede branca
  • Parede de cimento (reboco)
  • Parede com textura

Só para exemplificar, nas etapas de como pintar parede descascada não pode ficar de fora o lixamento. Usar lixa manual ou uma lixadeira elétrica é necessário para retirar todo o excesso.

No entanto, de maneira geral as ferramentas mais usadas para pintar teto ou parede, são:

EPI

É fundamental usar Equipamento de Proteção Individual (EPI), sobretudo se aplicar tintas à base de óleo. Separe uma luva, óculos de proteção e máscara respiradora.

Ao pintar o teto, utilize escada com batentes antiderrapantes, se possível, cintos de segurança e capacete.

Lixa ou Lixadeira

A lixadeira elétrica vai deixar o trabalho mais ágil e garante uma retirada precisa dos excessos na superfície. Contudo, se preferir pode utilizar a folha de lixa para parede (de 150 a 180g).

Lixadeira para pintar parede
Lixadeira Orbital Makita

Espátula

Ferramenta que acompanha praticamente todo o processo de como pintar parede. Ela é versátil, mas vai ser ótima para retirar partes mais ásperas da superfície.

Trincha

É um material necessário no retoque da pintura. A trincha é vendida em diferentes tamanhos, e você pode utilizá-la com tintas à base de água ou de óleo.

Pincel

O mais comum é usar pincéis de rolo. Porém, se você está na dúvida de como pintar parede com cal, por exemplo, vai precisar do pincel broxa.

O modelo de rolo é comercializado com cerdas de nylon ou de lã, o tipo de tinta que vai usar indicará qual o melhor tipo.

Bandeja

É um equipamento que você utiliza para despejar a tinta e fazer a diluição. Normalmente, tem formato que favorece “esticar” o pincel e tirar o excesso.

Misturador

É interessante que você use um misturador para dar o ponto certo da tinta. Isso influencia na aplicação.

Lembre-se de separar jornais antigos, ou até mesmo uma lona para cobrir o piso e objetos do cômodo.

Leia também: Como usar um compressor de pintura!

rolo para pintar parede com tinta azul

Tipos de tinta para pintura de paredes

A fase seguinte de como pintar parede é a definição da tinta. No mercado você encontrará:

Látex – é a mais usada em ambientes internos, pois tem menor resistência à exposição à exposição da luz solar e da água.

Acrílica – tem boa resistência a umidade, por isso é escolhida para cozinhas, banheiros, cozinhas e áreas externas.

Esmalte – é indicado para paredes que buscam um acabamento com brilho.

Com textura – é um tipo de tinta que se passa com um rolo específico, que deixará ranhuras na superfície da parede. Se assemelha a uma massa, e é o preferido na hora de explorar a criatividade.

Epóxi – é a tinta usada em áreas que recebem muita água, paredes externas de uma casa, por exemplo.

Dependendo do tipo de superfície e tinta você deve utilizar selador, massa acrílica ou massa corrida. Ambos ajudam na preparação da parede.

Portanto, avalie bem a ficha técnica da marca que você escolherá. O ideal é comprar esses produtos num estabelecimento com vendedores técnicos. Desse modo, eles podem orientar os produtos mais indicados para suas paredes.

Conheça nossa categoria de Compressores de Ar.

Estilos de como pintar parede

Dentre os principais formatos de pintura, atualmente, temos:

Geométrico

É o estilo de pintura no qual você traça desenhos geométricos na parede. Você pode fazer triângulos, losangos, etc., com ajuda de uma fita crepe. E em cada uma dessas figuras você aplica uma cor.  

Parede com pintura geométrica

Textura

É um dos formatos com mais opções. São muitas as técnicas para aplicar tinta de textura, dentre elas: grafiato, chapiscado, ranhura, espatulado, riscado e quadriculado.

Parede com textura

Monocromática

Consiste na aplicação de uma cor apenas. É a forma mais tradicional, o que não significa menos beleza.

Parede com pintura monocromática

Passo a passo de como pintar parede

Depois do checklist do que é necessário para começar uma pintura, você agora verá todos os passos deste serviço.

  1. Organize todo o espaço, sobretudo se não pode retirar todos os móveis. Uma dica é colocar os objetos no centro do cômodo. Desta forma, você pode circular por eles e pintar os quatros cantos do quarto, sala, etc;
  2. Cubra o piso;
  3. Agora é a fase de lixar a parede. O objetivo é tirar todas as irregularidades. No entanto, se a parede estiver com muitos rebaixamentos, é necessário aplicar massa corrida ou acrílica (a primeira é usada em ambiente interno, a segunda na área externa);
  4. Aguarde a secagem da massa; 
  5. Lixe novamente a parede para retirar o excesso da massa corrida ou acrílica;
  6. Tire o pó que restar na superfície, bem como o que se acumular nos cantos do piso;
  7. Seguindo as instruções do fabricante da tinta, faça a diluição (tenha atenção a quantidade mara mão e demão);
  8. Despeje na bandeja, e utilize o rolo para começar a pintura;
  9. Esprema o pincel nas ranhuras da bandeja para tirar o excesso de tinta;
  10. Você pode rolar o pincel de cima para baixo, sem fazer pressão;
  11. Faça o retoque nos cantos utilizando a trincha.

Em paredes já pintadas você certamente vai precisar aplicar mão e demão. Ao final, limpe todos os equipamentos, deste modo poderá utilizá-los em outras pinturas.

Essas são as etapas de como pintar parede. Visite o site da Mérito Comercial e descubra mais itens que facilitam a pintura de sua casa.

Autor

  • Pós-graduada em administração pela Universidade Unisa, atua no ramo de vendas de bombas hidráulicas há 27 anos, com experiência em diversos setores, de auxiliar administrativo a gerência. Com grande conhecimento em vendas técnicas e dimensionamento, participou de projetos em grandes obras do país. Há 11 anos está à frente da Mérito Comercial, a maior distribuidora de bombas hidráulicas do Brasil.

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.