A instalação de uma motobomba é a etapa fundamental, pois realizada da forma correta, incidirá no pleno funcionamento deste equipamento e sua durabilidade. Nesse texto, apresentaremos eficientes dicas para instalar bombas de água em residências e outros estabelecimentos. Nos acompanhe até o final.
As principais fabricantes de motobombas do mundo, de formal geral, dividem o processo de instalação nos seguintes tópicos:

  • Normas de segurança
  • Preparação do terreno ou compartimento
  • Como preparar a parte hidráulica
  • Como preparar a parte elétrica
  • Orientações para o funcionamento

E seguir essas dicas de instalação de uma motobomba garantirá um maior tempo de vida útil do equipamento, e seu melhor desempenho, evitando assim desperdícios no consumo de energia elétrica e de água, por exemplo. Vamos ver quais são essas recomendações?

Normas de segurança para instalar uma motobomba

As normas de segurança para instalação de uma motobomba são baseadas em diretrizes da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) e do Ministério do Trabalho (MTE). O que isso significa?
Certamente já observou que em algumas embalagens ou manuais de bombas de água vem escrito NBR e NR. Essas siglas correspondem, respectivamente, Normas Brasileiras aprovadas pela ABNT, Normas Reguladoras previstas pelo MTE.
Uma NBR indica todos os cuidados técnicos que precisará ter ao instalar sua motobomba. A ideia aqui é que utilize os itens certo para não comprometer a rede elétrica ou o próprio equipamento. A NBR indicará as melhores tomadas, o tipo de cabeamento, necessidade de aterramento, etc.
Já a NR foca nos procedimentos necessários que o profissional que fará a instalação precisa, então desde o uso de EPIs até movimentos físicos serão listados como normas, que se não forem seguidas pelo contratante, resultarão em multas ou sanções que serão aplicadas.

Preparação do compartimento onde ficará a bomba de água

Outra dica de instalação de uma motobomba fica para o local onde ficará o equipamento. É preciso ter atenção em algumas medidas e orientações do terreno, para que a bomba opere da maneira certa. E uma das características que é comprometida, caso instale de forma errada sua motobomba é a sucção.
A sucção é capacidade de sugar que as motobombas têm, e na escolha do compartimento ou terreno que ficará sua bomba de água é importante considerar se esse potencial será de explorado por:

  • Desnível de sucção – medida usadas na instalação de bombas centrífugas, auto-aspirantes e ejetoras para poços profundos;
  • Sucção afogada – indicada para bombas submersíveis e bombas submersas;
  • Desnível de recalque ou elevação – para motobombas que são utilizadas para encher reservatórios suspensos, como caixas d’água.

Visto isso, outras recomendações do local que deve instalar motobombas são:

  • Sempre posicioná-las em lugares próximos a origem da água;
  • Crie um abrigo que as proteja da ação da chuva, calor excessivo, poeira;
  • Alguns motores elétricos da bomba não pode ser isolado, ele precisa de uma área que circule vento para não queimar; normalmente é indicada uma distância de 8 cm entre o motor e a parede que irá proteger o equipamento.

Preparando a parte hidráulica para fixação de motobomba

As dicas de instalação de uma motobomba referentes a parte hidráulica são bem práticas e fáceis de realizar, confira:

  1. A motobomba precisa estar numa superfície plana, e é importante que esteja fixada, dessa forma não se deslocará com a trepidação.
  2. É ideal que o diâmetro da tubulação seja igual ao dos bocais da bomba, assim evitará a famosa entrada de ar. Porém, caso não seja, poderá usar conexões de redução hidráulica para adaptar a bomba.
  3. Não é indicado o uso de muitas conexões, e sempre que necessário, nas angulações, prefira curvas ao invés de joelhos.
  4. Se a motobomba precisa sempre ser retirado do local, prefira os modelos com bocais de rosca, e utilize uniões roscáveis. Dessa forma, poderá montar e desmontar de forma prática e rápida.
  5. As conexões precisam estar todas devidamente vedadas; qualquer vazamento comprometerá o funcionamento da bomba, e de quebra um aumento no consumo elétrico e de água
  6. Se na sua rede de distribuição de água precisar de mais de uma motobomba, será necessário montar 2 tubulações distintas de sucção.

Preparando a parte elétrica para o funcionamento da motobomba

Entre as dicas de instalação de uma motobomba, quando o assunto é a parte elétrica priorizar segurança e preferir materiais de qualidade são as melhores recomendações. Mas, entre as principais instruções estão:

  1. Não arrisque fazer instalações complexas sem conhecimento. Estabelecimentos comerciais e industriais que operam com tensões de eletricidade distintas, precisam de um profissional para fazer a colocação da motobomba.
  2. Verifique sempre os modelos da tensão do motor da bomba (Monofásico, Trifásico), esta precisa ser compatível com a rede.
  3. É interessante colocar adotar ao sistema de distribuição de água uma chave boia.
  4. Dependendo da rede, utilize disjuntores de 30A, desta forma não existirá o risco de choques elétricos.
  5. É fundamental o aterramento do motor elétrico.
  6. Para sistemas mais complexos é importante usar relé de sobrecarga, para evitar que o equipamento sofra com quedas ou altas repentinas na rede elétrica.
  7. Novamente reforçamos que contrate um profissional técnico habilitado para realizar a instalação da bomba de água.

Principais dicas para o acionamento da motobomba

Com a instalação de uma motobomba completa, agora chegou o momento de aciona-la. A primeira coisa a fazer é confirmar se a cisterna ou reservatório de onde será sugada a água está cheia. É sempre recomendando que antes de ligar a bomba, preencha com água todo corpo interno do equipamento.
Outra dica é que inicialmente, deve ligar a motobomba e deixar que ela ejete a água sugada fora. Assim não levará ao reservatório as sujeiras que estejam na tubulação. Lembrando que: a bomba de água não é o equipamento ideal para absorver materiais sólidos. Pois existem outras bombas para realizar este tipo de trabalho.
Pronto! Seguindo essas dicas de como realizar uma instalação de uma motobomba, certamente conseguirá aproveitar esse eficiente equipamento usado para armazenar, e distribuir água, irrigar e outros processos.

Autor

  • Pós-graduada em administração pela Universidade Unisa, atua no ramo de vendas de bombas hidráulicas há 27 anos, com experiência em diversos setores, de auxiliar administrativo a gerência. Com grande conhecimento em vendas técnicas e dimensionamento, participou de projetos em grandes obras do país. Há 11 anos está à frente da Mérito Comercial, a maior distribuidora de bombas hidráulicas do Brasil.

Share:

2 Comments

  • Marcio Marcelino, 29/04/2022 @ 19:28 Reply

    Gastei das explicações.

    • Mérito Comercial - Comercial, 03/05/2022 @ 13:34 Reply

      Boa tarde, Marcio!

      Agradecemos o seu feedback, ficamos felizes em saber.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.