Você sabe para que serve os tanques de pressão e expansão? É um equipamento que torna mais eficaz um sistema de pressurização, o que é ideal para estabelecimentos que enfrentam problema de pressão da água. Confira as principais informações sobre esses tanques.
Usar uma cisterna para armazenar água tem a vantagem de pode guardar grande quantidade de água. Há depender do modelo, o líquido também estará protegido da invasão de insetos e de sujeiras. Porém, distribuir essa água para propriedade ou residência tem suas complicações. A mais conhecida é a falta de pressão nas torneiras. E para corrigir isso é comum utilizar bombas pressurizadoras.
Porém, em muitas situações, somente os pressurizadores não conseguem dar jeito na pressão da água da edificação. Nesses casos, é que entram os tanques ou vasos de expansão. Vamos entender como utilizar esse equipamento, e quais conhecer os seus principais modelos.

Para que serve o tanque de expansão?

Como adiantado, o tanque ou vaso de expansão e pressão é integrante de um sistema de pressurização. Ele faz com que a bomba pressurizadora opere de maneira ideal, levando água para todos os pontos da casa ou estabelecimento de forma homogênea.
Num dos formatos desse sistema, o tanque de pressão é instalado após a bomba, e sua principal função é controlar o funcionamento desta. Para entender melhor, vale lembrar que um pressurizador dispara ao sinal de qualquer torneira aberta, ou queda de pressão da rede hidráulica, porém, com o auxílio do vaso de expansão, a bomba pressurizadora somente será acionada quando houver necessidade.
Dentro do tanque de expansão se acumulará água e ar, combinação que deixará sempre regular a vazão e pressão da água na rede distribuição hidráulica da edificação. Entre suas principais aplicações estão:

  • Todos os tipos de sistema de pressurização (em residências, condomínios, indústrias, etc.)
  • Potencializa o funcionamento de sistemas de irrigação
  • Se integra ao sistema de pressurizadores booster (utilizados em saneamento)
  • Em processos de expansão térmica, em sistemas de aquecimento
  • Protege a tubagem do golpe de aríete ou golpe hidráulico

Vale explicar um pouco mais o golpe de aríete, pois é muito comum acontecer em tubos pressurizados. Esse problema surge porque a velocidade da água aumenta, o que eleva os picos da pressão nos tubos. O golpe hidráulico pode provocar ruptura da tubulação, e danos ao motor da bomba pressurizadora.

Vaso de expansão e funcionamento

As fabricantes desse equipamento têm uma denominação mais técnica, que lhe define por sua aplicação:

  • Vaso de expansão vertical – pode ser distribuído em várias partes da rede hidráulica
    Foto tanque de expansão rowa
  • Tanque de pressão horizontal voltado para utilização em residências, e é em muitas situações acoplado na bomba pressurizadora.

Tanque de pressão horizontal voltado para utilização em residências, e é em muitas situações acoplado na bomba pressurizadora.
A partir de um esquema básico é possível entender como funciona o tanque de pressão e expansão, vejamos:

  1. Ao ser acionado o tanque de expansão se encherá com uma carga de ar (de acordo com a pressão estabelecida do modelo;
  2. Quando o pressurizador tem pressostato, instrumento que mede a pressão da rede, (aciona a bomba a qualquer queda de pressão da rede hidráulica) os tanques de pressão e expansão que armazena água pressurizada suprirá a necessidade de o pressurizador ligar com tanta frequência. O pressurizador de água só será ligado quando toda a pressão do tanque acabar.
  3. Quando o pressurizador tem fluxostato o papel do tanque de pressão, ao sinal de qualquer torneira aberta, ele entra em ação, aumentando o fluxo de água na tubulação. Esse processo se repete quando o nível de ar no tanque retorne para o inicial.

Portanto, o tanque de pressão traz um alívio considerável para bomba, ele é que pressurizará a água ao longo do dia. Assim, a utilização desse equipamento garante vantagens como:

  • Redução do consumo de energia, já que a bomba não ligará constantemente;
  • Maior vida útil do pressurizador, pois não correrá o risco de uma sobrecarga, por exemplo.

A estrutura de um vaso de expansão

De forma geral, o tanque de expansão é um cilindro que pode ser de aço ou carbono, dotado de:

  • Membrana interna que é higienizada, e contém cloro e outros agentes bactericidas, que preservam a pureza da água armazenada no cilindro;
  • Revestimento interno que impede que a água fique em contato diretamente com o aço;
  • Entrada de conexão para mangueira, que se liga a bomba pressurizadora ou a tubulação do sistema de pressurização;
  • Suporte de nylon que não deixa o cilindro ficar direto no chão

Como muitas vezes o cilindro ficará exposto ao sol e a umidade, ele recebe uma proteção contra os raios UV, que também impede a oxidação por meio do orvalho.

Modelos e fabricantes do vaso de expansão

Os tanques de pressão e expansão são comercializados em vários formatos para atender as diferentes demandas. Entres as principais fabricantes desse equipamento estão: Jacuzzi, Rowa e Schneider. Dos modelos oferecidos por essas empresas, destacam-se:

  • Tanques Jacuzzi – Jet Pack e Yellow Jet
  • Tanques Rowa – tanque de expansão horizontal e vertical (carbono e inox) de 24 litros / 35 litros / 60 litros
  • Tanques Schneider – tanques de pressão horizontais e tanques de expansão verticais, com diferentes capacidades (de 2 a 450 litros).

Para instalação dos tanques são necessários acessórios, tais como:

  • Mangueira metálica flexível
  • Manômetro
  • Pressostato
  • Conector 5 vias
  • Válvula de retenção
  • Niple de ferro

É importante conhecer bem o esquema para instalação do tanque no sistema de pressurização, para separar todos os acessórios necessários. As duas formas mais comuns para isso são:

  • Instalar no mesmo nível do reservatório – nesse esquema ainda entrarão peças como registro, dreno e válvula de alívio;
  • Instalar o equipamento acima da origem da água (fonte natural) – aqui é preciso contar com tubo para sucção, válvula de pé, curva ou joelho, dreno e registro.

Essas fabricantes explicam em seus manuais quais são as conexões e acessórios que devem ser utilizados na instalação de seus tanques de pressão. Mas, é sempre indicado que esse tipo de serviço seja realizado por profissional com experiência.
Lembre que no sistema de pressurização, além da parte hidráulica, se tem as instalações elétricas, e estas precisam se adequar aos princípios de segurança. Então, nada de se aventurar na instalação desses equipamentos.
Essas são nossas considerações sobre os tanques de pressão e expansão. Avalie o modelo que mais se encaixa as suas demandas, e aproveite os benefícios. Chega de sofrer com água fraca no chuveiro!

Autor

  • Pós-graduada em administração pela Universidade Unisa, atua no ramo de vendas de bombas hidráulicas há 27 anos, com experiência em diversos setores, de auxiliar administrativo a gerência. Com grande conhecimento em vendas técnicas e dimensionamento, participou de projetos em grandes obras do país. Há 11 anos está à frente da Mérito Comercial, a maior distribuidora de bombas hidráulicas do Brasil.

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.