Você sabe o que é uma bomba centrífuga?

Conhece como funciona e quais são os modelos mais eficientes desse tipo de motobomba? Hoje vamos te apresentar tudo sobre essa versátil bomba d’água. Confira!
O que é uma motobomba? Basicamente é um equipamento elétrico, movido por um motor, que faz com que diferentes líquidos circulem de um ponto a outro.
Quando falamos de distribuição e armazenamento de água potável, as bombas de água são os exemplos mais conhecidos.
E dentre os modelos de motobombas mais populares, temos a bomba centrífuga. Nos próximos tópicos você vai descobrir mais sobre esse equipamento, e como aproveitar suas funções.

O que é e como funciona uma bomba centrífuga?

Para entender o que é e como funciona esse tipo de motobomba, precisamos voltar as aulas de física, e lembrar do conceito de força centrífuga.
Essa força impulsiona os giros do rotor (engrenagem que mover o motor), faz a bomba centrífuga funcionar, e transportar líquidos por distâncias verticais e horizontais.
Esse equipamento transfere energia para o líquido, o que promove uma pressão de sucção, favorecendo um maior volume dos líquidos transportados por essa bomba. Mas, qual é a função da centrífuga? Basicamente ela serve para:

  • Sugar e bombear água limpa;
  • Ser acoplada a sistemas de combate de incêndio;
  • Encher caixas d’água de prédios verticais;
  • Levar água limpa para sistemas de irrigação;
  • Bombeiam água para chafarizes e cascatas artificiais;
  • É usada em indústrias na circulação de produtos químicos (nesse caso não se recomenda utilizar a bomba, posteriormente, para transportar água).

Tecnicamente esse modelo de bomba se classifica de acordo com seu rotor. Dessa forma temos:

  • Rotor fechado
  • Rotor Semi-aberto
  • Rotor aberto

A centrífuga, ou bomba de sucção, também é nomeada como motobomba de sucção. Mas, o que é uma bomba de sucção? Simples, é um equipamento que não precisa de tanta energia para extrair água de um reservatório, por exemplo.
Faz a sucção da água e consegue manter boa vazão e pressão durante todo bombeamento do líquido até o destino.

Quais são os tipos de bomba centrífuga?

Como você viu anteriormente, essa motobomba tem aplicações bem amplas (de abastecimento até utilização industrial).
É por isso que se fabricam diferentes versões de bombas d’água centrífuga.
Usando as principais classificações, no mercado é possível encontrar os seguintes tipos de bomba centrífuga:

  • Bomba centrífuga trifásica e monofásica – utilizada para bombeamento de água potável.
  • Bomba monoestágio (trifásica ou monofásica) – é o modelo mais versátil de bomba centrífuga. Existem modelos fabricados para atender demandas de residências, já outros são usados como bomba principal no sistema de incêndio e até ligados ao sistema de irrigação. 
  • Bomba de circulação – ideal para sistemas de refrigeração.
  • Bomba para piscina – tipo de motobomba centrífuga específico para piscinas; consegue encher esse reservatório e fazer com que a água circule.
  • Bomba náutica de circulação – destinada para sistemas de refrigeração de embarcações.
  • Bomba centrífuga jockey – essa é uma bomba fundamental para sistemas de combate a incêndios. Ela é responsável por equilibrar a pressão da água durante a eliminação das chamas.
  • Bomba centrífuga para produtos químicos – projetada para circular produtos químicos, seja de indústrias ou empresas de saneamento.
  • Bomba para drenar sólidos – existem motobombas centrífuga projetadas para bombear águas com pequenas partículas sólidas. São aproveitas por indústrias, no saneamento e em processo da agricultura.

Você percebeu que são muitos modelos de bomba centrífuga, e que aparentemente poderia aproveitar a bomba para fazer mais de uma atividade.
Mas, será que vale a pena usar uma centrífuga usada? Não! Principalmente se utilizou para bombear líquidos químicos. Correrá o risco de contaminar seu reservatório de água potável, por exemplo.
Também tem o aspecto operacional. Se pensarmos num sistema de combate a incêndios, não dá para usar uma bomba de água com muitas horas de operação, pois o desgaste do equipamento pode comprometer sua aplicação principal: bombear água para apagar chamas.
O recomendado é sempre utilizar um equipamento novo, de procedência e em boas condições. Motobombas recauchutadas tendem a não ter força suficiente para transferir água por longas distâncias. 
A seguir vamos apresentar as principais fábricas de bombas de água, assim ficará mais fácil escolher o modelo certo para você.

Fabricantes de bomba centrífuga

A dica fundamental para escolher esse equipamento é prezar pela qualidade e procedência. Conhecer as principais fabricantes de bomba centrífuga do mercado, te ajudará na escolha desse produto. Vejamos as marcas que se destacam:

São empresas nacionais e multinacionais que se diferenciam pelos seguintes motivos: materiais resistentes, inovações tecnológicas, equipamentos eficientes e disponibilizam assistência técnica nas principais cidades do país.
Elas também disponibilizam manuais de instalação (explicando tudo passo a passo) e tabelas que identificam suas principais características (vazão, pressão, altura máxima, altura manométrica, dimensões, capacidade de sucção e de recalque).

Qual a diferença entre bomba centrífuga e bomba periférica?

Qual a diferença entre bomba centrífuga e bomba periférica? Esses são modelos mais usados no mercado, pois têm muitas funções e aplicações. Nesse texto vamos explicar as diferenças entre esses formatos, e suas principais aplicações.
A bomba de água é equipamento indispensável em muitas partes do Brasil. O serviço de distribuição pública é precário nas principais cidades, e mais deficiente em lugares mais afastados do grande centro.
Então, é natural utilizar equipamentos que facilitem desde o bombeamento de água, até a distribuição do uso doméstico ou em estabelecimentos comerciais.
Dentre os tipos de bombas de água usadas em larga escala estão as centrífugas e as periféricas. Vamos defini-las a seguir.

O que é uma bomba periférica?

A bomba periférica é um modelo de bomba d’água voltado para transportar água limpa, sem a presença de sólidos. É sempre instalada acima do solo, e tem excelente capacidade bombear água verticalmente.
Mesmo com funções parecidas com a bomba de água centrífuga, a bomba periférica é mais utilizada por sua capacidade de drenar água de um reservatório para outro; seu uso é mais limitado para tarefas domésticas, e de menor intensidade.

Principais aplicações da bomba centrífuga

Esse tipo de bomba d’água é usada em todos os setores: agricultura, construção civil, indústria, serviços e estabelecimento comerciais. Também, é aproveitada nas diferentes necessidades domésticas.
Especificamente poderá instalar e aplicar uma bomba centrífuga para realizar as seguintes operações:

  • Abastecimento de condomínios (verticais e horizontais);
  • Distribuição interna de água em sítios, fazendas, chácaras, residências urbanas, etc;
  • Acoplar a sistemas de irrigação;
  • Ligar a sistemas de refrigeração industrial;
  • Se integra a sistema de combate a incêndio;
  • Pode ser utilizada na circulação de água em cascatas e fontes;
  • Em sistemas de saneamento, faz parte do tratamento da água;
  • Bombeamento de produtos químicos;

O que vai determinar cada uma dessas utilidades são alguns detalhes técnicos do bocal da bomba. Quem deseja comprar uma bomba centrífuga mais robusta, precisará avaliar pontos como: bocais, formato do caracol da bomba, material que é feito o rotor, potência do motor, selagem da bomba, mancais, nível de temperatura em que a motobomba opera e quais acessórios necessitam na montagem.

Principais aplicações da bomba periférica

Escolhe-se uma bomba d’água periférica para:

  • Bombear e armazenar água em residências, sítios, chácaras e outras propriedades;
  • Drenar água de piscina, tanques e outros reservatórios (naturais e artificiais);
  • Para aumentar a pressão de sistemas internos de distribuição de água;
  • Pode ser unida a pequenos sistemas de irrigação.

As diferentes marcas que fabricam esse tipo de motobomba oferecem basicamente os mesmos recursos, o que vai variar é a potência.

Dicas de instalação

Apesar de realizar processos parecidos, existem distinções na instalação de uma bomba centrífuga e um bomba periférica. Separamos pontos importantes que deve observar durante essa etapa, para não comprometer o equipamento.

Instalando uma bomba centrífuga

  1. É sempre indicado que ela seja instalada perto do reservatório, ou de onde será sugada a água;
  2. Faça uma base rígida para fixar a bomba;
  3. Adeque os bocais da bomba centrífuga ao diâmetro da tubulação;
  4. Se a tubulação percorrer um longo caminho, entre o local de sucção até o reservatório final, utilize pesos ou suporte para evitar ao máximo o desnível;
  5. Em relação a parte elétrica, é fundamental observar se a tensão do equipamento corresponde ao da rede de energia do local;
  6. É preciso realizar o aterramento da bomba.

Instalando uma bomba periférica

Os procedimentos de instalação desse tipo de bomba se divide em duas etapas: sucção e recalque. A partir deles temos:

  1. Tenha medida certa do comprimento do tubo de sucção até o bocal de entrada;
  2. Instale uma válvula de pé;
  3. Se a bomba periférica não vai ficar no local fixo, utilize conexões do tipo união roscável para movimenta-la sem comprometer o equipamento;
  4. Na etapa de recalque é preciso instalar uma união logo após a saída da bomba;
  5. Se a bomba vai impulsionar água para grandes alturas, utilize uma válvula de retenção;
  6. Essa tubulação de recalque não pode fazer peso na bomba periférica, pois sobrecarregará o equipamento durante seu funcionamento.

Para esses dois tipos de bomba, é sempre válido fazer um teste para avaliar o funcionamento, antes de ficarem fixa e começarem a operar constantemente.
Se não tiver conhecimento da parte elétrica, é preciso contratar um profissional técnico autorizado, para não correr o risco de queimar a motobomba, e comprometer a rede de energia da residência ou estabelecimento.
Essas marcas oferecem modelos para as diferentes aplicações. Sua escolha não deve ser orientada apenas pelo preço; a principal dica é se a capacidade da bomba atende sua necessidade.
E a partir dessas informações, agora conseguirá definir se precisa de uma bomba centrífuga ou de uma bomba periférica.
A Mérito Comercial conta com um catálogo completo de bombas, confira!

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *