Cascata para piscina é sinônimo de diversão e beleza

A cascata para piscina é item para você que quer deixar os mergulhos mais divertidos e relaxantes. Existem muitos modelos de cascatas, que além de funcionais, são peças que dão elegância às piscinas. Descubra mais em nossas dicas!
Escutar aquele sonzinho de água caindo é super agradável, e todo mundo que tem ou pretende ter uma piscina em casa busca este clima de relaxamento. E é a cascata para piscina que proporciona esse som aconchegante. 
Outro benefício de ter uma cascata na piscina é simular jatos massageadores. No mercado existem formatos ideais para quem curte descansar na beira da piscina.
Mas, qual o modelo certo para seu reservatório? Antes de apresentar os tipos de cascatas, entenda um pouco mais destas peças.

O que é e como funciona uma cascata para piscina?

É um acessório que se posiciona próximo ou na borda de piscinas, que tem a intenção de projetar uma pequena queda d’água. É fabricada a partir de materiais como:

  • Madeira
  • Fibra
  • Aço inox
  • Vidro
  • Pedra

Além de ter essa função, as cascatas de piscinas são ideais para decorar o espaço. Muitos modelos são projetados com design sofisticado para atender projetos arquitetônicos ousados para essas áreas de lazer.
Esse acessório funciona numa espécie de ciclo que pode ser explicado pelo seguinte esquema:

  1. A tubulação da cascata deve ser instalada no sistema movido pela motobomba;
  2. A água é puxada pela bomba de piscina;
  3. Em seguida passa pelo filtro da piscina;
  4. Por fim, segue chega à cascata e cai no reservatório.

A dica é pensar o projeto de sua piscina já considerando a cascata, pois não precisará mexer depois na estrutura do reservatório para instalar o acessório. Que tal se inspirar agora com os principais tipos de cascata para piscina?
Leia mais: Descubra quanto custa para fazer uma piscina

Principais modelos de cascatas para piscinas

Como mencionamos lá em cima, você encontrará essas peças fabricadas em inox, madeira, pedra, fibra e vidro. Vale conhecer como esses materiais se apresentam no mercado, confira:

  • Cascata de pedra – essa é opção para grandes piscinas; na maioria das vezes são esculpidas em granito ou mármore, e recebem tubulação especial para promover a queda d’água.
  • Cascata de alvenaria – também voltada para piscinas com dimensões amplas. É possível montar verdadeiros espelhos d’água com esse formato. É construída a partir de tijolos, e pode receber diferentes revestimentos.
  • Cascata de inox – é bastante usada, pois tem ótima funcionalidade e oferece o toque de sofisticação que se busca com esse tipo de acessório para piscinas. Esse tipo de cascata pode ser “externo” ou para “embutir”.
  • Cascata com LED – normalmente fabricada em aço inox, mas com o incremento de pequenas lâmpadas de LED. Sua principal vantagem é que se harmoniza com ambientes refinados, e é uma excelente forma de decorar sua área de lazer.
  • Cascata de vidro – tem longa vida útil, pois é um modelo de fácil manutenção. Ideal para se embutir na parede.
  • Cascata de fibra – o modelo mais comum; se aplica em pequenas piscinas e pode ser instalada em qualquer parte do deck (claro que de acordo com a tubulação da bomba de água). porém, é o formato de cascata para piscina que se desgastar mais rápido e requer manutenção corriqueira.

Leia mais: 07 dicas pare escolher o melhor aquecedor de piscina

Dicas para escolher cascatas de piscinas

Existem alguns critérios que deve considerar antes de você escolhe a sua cascata para piscina, são eles:

  • O formato da piscina – as piscinas normalmente são quadriláteras, mas é também existem redondas, com desenhos irregulares, etc. É preciso avaliar se o tipo de cascata que deseja, se encaixa no desenho do tanque, caso o contrário, o jato d’água pode não ser o que almeja.
  • As dimensões do reservatório – as cascatas são fabricadas para atender medidas distintas (altura x largura x comprimento); então, verifique esse quesito.
  • A capacidade de água (metros cúbicos) do reservatório – da mesma forma, cada modelo de cascata para piscina se adequa a um volume d’água. A lógica aqui é simples, se a piscina é grande, escolha uma cascata com boa vazão de água.
  • Potência e vazão da bomba d’água – as cascatas de inox, por exemplo, precisam de uma vazão específica para funcionar bem. A bomba de água usada precisa ser compatível com essa necessidade.
  • Distância das paredes (se pretende escolher um modelo de cascata embutida) – se vai embutir a cascata numa parede, a alvenaria tem de estar numa distância recomendada pelo fabricante do acessório, para que este funcione de maneira adequada.
  • Segurança – se a piscina é frequentada por muitas crianças, o recomendado é escolher cascatas com jatos suaves; outra forma de prover segurança, é instalar modelos que não fiquem nas bordas, assim as crianças não se penduraram, por exemplo, no acessório.

Já começou a pensar em qual será sua cascata para piscina? Se quer conhecer os melhores modelos do mercado, acesse o site da Mérito Comercial. Além desse acessório, temos as principais marcas de bombas para piscina e outros itens indispensáveis para usufruir bem seu equipamento de lazer.

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *