Antes de você comprar equipamentos elétricos é fundamental saber a diferença entre Ampere, Volt, Watt e kVA. Entenda os motivos!

Falar sobre as unidades de medida da eletricidade é um retorno aos dias de escola. Porém, essa viagem no tempo é importante, sobretudo na escolha de aparelhos como bombas d’ água, geradores de energia, entre outros.

Então, torna-se essencial saber qual a diferença entre Ampere, Volt e Watt e kVA se você, constantemente, lida com tais equipamentos, ou pretende instalar um desses em sua residência.

Leia também: Como dimensionar um gerador de energia

Diferença entre Ampere, Volt, Watt e kVA

As características técnicas de eletroeletrônicos, por exemplo, indicam sua capacidade e a melhor forma de utilização. Você fica sabendo qual a tensão e voltagem ideal para que os aparelhos não sofram um curto-circuito.

Além disso, outro ponto que nos leva a conhecer a diferença entre Ampere, Volt, Watt e kVA são fatores como potência e desempenho. Elas orientam se o equipamento atenderá a demanda que você precisa.

Abaixo você vai conhecer a definição de cada uma dessas unidades de medida, e assim conseguir distingui-las.

  1. O que é Ampere?

É a unidade que determina o fluxo de elétrons de um átomo para outro. Esse é o movimento que define a corrente elétrica. Por isso, o ampere serve para medir a corrente que chega a uma tomada, por exemplo.

Usa-se o A para simbolizar essa medida. É a maneira que encontrará no manual de instruções ou na embalagem do equipamento.

2. O que é Volt?

É uma medida usada para medir a tensão elétrica. Refere-se ao potencial elétrico entre dois pontos dentro de um circuito. O V (Volt) expressa o vaivém das partículas elétricas entre a tomada e o aparelho elétrico, por exemplo.

A voltagem é que define se o equipamento é bivolt, ou só utiliza 110 ou 220 volts. 

3. O que é Watt?

É a unidade de medida que identifica a potência elétrica. Ou seja, vai identificar o quanto de eletricidade uma bomba de água necessita para funcionar e garante a pressão e vazão ideais, por exemplo.

O W é a representação que aparece nos versos dos produtos elétricos. Será a indicação de quanta energia elétrica é consumida, desta forma você avalia se o equipamento tem boa eficiência energética.

4. O que é kVA?

É a unidade que mede o quanto de potência o circuito elétrico precisa para trabalhar. A nomenclatura se refere a:

  • k – quilogramas
  • V – Volt
  • A – Ampere

1 kVA corresponde a um quilovolt-ampere. Essa é a medida aplicada para categorizar geradores. Só para ilustrar, um gerador de energia a diesel bivolt, com motor de 6 cavalos, tem potência máxima de 4,5 kVA. O que descreve um equipamento com autonomia de até 8 horas, gerando energia.

Conheça os principais tipos de motores elétricos!

Quando considerar cada uma delas?

Conforme adiantado em alguns pontos, conhecer a diferença entre Ampere, Volt, Watt e kVA é pertinente para escolher muitos tipos de aparelhos elétricos.

No entanto, vale reforçar quais situações você precisará ter um conhecimento básico do assunto, são elas:

  • Conferir potência dos equipamentos que serão utilizados na casa, ou em qualquer atividade de trabalho;
  • Calcular consumo energético do imóvel;
  • Verificar a compatibilidade de tensão. Você muitas vezes precisará saber se deve adquirir um aparelho trifásico ou monofásico, por exemplo;
  • Entender se é necessário instalar uma bateria para manter motores elétricos funcionando;
  • Planejar a instalação elétrica de um imóvel;
  • Para dimensionar geradores de energia.

Então, uma dica quando for comprar qualquer equipamento elétrico, é analisar a ficha técnica. Prefira sempre marcas que deixam tais informações acessíveis e claras.

Como calcular Ampere, Volt, Watt e kVA?

Além de diferenciar essas unidades, você precisa conhecer as correspondências entre elas. Entre as perguntas que devem ser feitas está “quanto um equipamento X Watts precisa ter de voltagem?”.

Não se trata de conversão. Na prática, não existe chance de converter uma unidade na outra. Por isso, o que você precisa conhecer é a correlação.

Essa ligação é baseada no tipo de corrente elétrica que pode ser:

  • Contínua – que não tem alternância no movimento das partículas;
  • Alternada – as partículas elétricas mudam sempre de direção.

É na corrente alternada que teremos os sistemas monofásico, bifásico e trifásico.

Para conhecer a equivalência do Ampere com o Watt numa corrente contínua, por exemplo, deve-se multiplicar A x voltagem = número de W. Exemplo: 1 A x 10 V = 10 W.

Veja abaixo outras fórmulas que são utilizadas para “converter” essas unidades.

  1. Na corrente contínua
  • kW para Amperes – kW x 1000 / E (Tensão Elétrica em Volts);
  • kW – (I x E) / 1000, onde I = Corrente de Amperes.

2. Na corrente alternada (monofásica)

  • kW para Amperes – (kW x 1000) / (E x fp), onde fp = Fator de Potência;
  • kVA para Amperes – (kVA x 1000) / E;
  • kW – (I x E x fp) / 1000;
  • kVA – (I x E) / 1000.

3. Corrente Alternada (bifásica)

  • kW para Amperes – (kW x 1000) / (2 x E x fp);
  • kVA para Amperes – (kVA x 1000) / (2 x E);
  • kW – (I x E x fp x 2) / 1000;
  • kVA – (I x E x 2) / 1000;

4. Corrente Alternada (trifásica)

  • kW para Amperes – (kW x 1000) / (1.732 x E x fp);
  • kVA para Amperes – (kVA x 1000) / (1.732 x E);
  • kW – (I x E x fp x 1.732) / 1000;
  • kVA – (I x E x fp x 1.732) / 1000.

Utilizando essas fórmulas você consegue encontrar as correspondências entre as unidades de medidas elétricas mencionadas aqui. 

Entretanto, boa parte dos equipamentos elétricos tem suas tabelas explicando a equivalência e você não precisará quebrar a cabeça com os conhecimentos de Física.

Contudo, como você viu no texto, vale muito a pena aprender sobre a diferença entre Ampere, Volt, Watt e kVA. 

E se tiver curiosidade de conferir como essas unidades aparecem na ficha técnica de alguns produtos, visite o site da Mérito Comercial.

Share:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.